Regras Brasileirão 2017: Série A e Série B

Regras Brasileirão 2017: Série A e Série B
3.1 (62.86%) 7 votes

Existe diferença nas regras do Campeonato Brasileiro?

Não! As regras do Brasileirão 2017 Série A e Série B são as mesmas para cada divisão. Vintes clubes jogam entre si em turno e returno, totalizando 38 rodadas para cada nível do futebol nacional. O campeão é aquele que somar o maior número de pontos, sem a necessidade de outras fases de disputa.

O Brasileirão já teve diversos formatos em sua história, mas era predominante o sistema de turno único com um play-off eliminatório definindo o grande campeão da disputa. O formato de pontos corridos é adotado na Série A do Campeonato Brasileiro desde 2003, quando 24 times disputaram a competição. Somente em 2006 é que a disputa adotou o padrão atual, com 20 clubes em 38 rodadas. Esse sistema é o adotado nas grandes ligas da Europa, como as disputas da Espanha, Inglaterra e Itália.

Já a Série B adota o sistema de pontos corridos desde a edição de 2006. Assim, a competição define os quatro times que sobem para a elite e os outros quatro que caem para a Série B. Confira aqui a lista de todos os times grandes que já caíram!

Regulamento Brasileirão 2017 Série A

regras brasileirão 2017
O troféu do Brasileirão Série A

Ao todo, o Brasileirão Série A possui 20 times. As equipes se enfrentam em dois turnos, e o campeão é definido pelo total de pontos conquistados nas 38 rodadas.

Respeitando as regras gerais do futebol, em cada partida são distribuídos três pontos ao vencedor, nenhum ao perdedor e um se houver empate. Caso dois ou mais times terminem empatados em alguma posição da tabela, são usados os seguintes critérios de desempate:

  1. Número de vitórias;
  2. Saldo de gols;
  3. Quantidade de gols pró;
  4. Confronto direto (não usado quando há mais de dois times empatados);
  5. Menor número de cartões vermelhos;
  6. Menor número de cartões amarelos;
  7. Sorteio.

De acordo com as regras do Brasileirão 2017 Série A, o Campeonato Brasileiro também distribui vagas para competições sul-americanas. Os seis times melhores colocados disputam a Taça Libertadores da América do ano seguinte, enquanto outros seis irão jogar a Copa Sul-Americana. Já os quatro últimos colocados serão rebaixados para a Série B.

publicidade:

Ao grande campeão é concedido um troféu e uma quantidade de medalhas douradas aos jogadores, comissão técnica e dirigentes. O clube vice-campeão recebe uma quantidade de medalhas prateadas para ser distribuídas aos profissionais de sua equipe. Além disso, a CBF costuma oferecer uma soma em dinheiro aos 16 primeiros colocados do Campeonato Brasileiros, cujos valores são divulgados quando a competição se aproxima do fim. Na edição de 2016, o campeão recebeu R$ 17 milhões, enquanto o vice ganhou R$ 10,7 milhões. O terceiro colocado embolsou R$ 7,3 milhões.

Inscrições de atletas

Os clubes integrantes do Brasileirão também precisam ficar atentos à inscrição de seus atletas. Somente estarão aptos a jogar (de acordo com as regras Brasileirão 2017) aqueles cujos nomes aparecerem no boletim informativo diário (BID) da CBF no último dia útil antes das partidas. Há também um prazo final para registro de novos atletas, que ainda será definido pelos organizadores da competição.

O jogador pode mudar de time durante a competição, basta que ele não tenha jogado mais de seis partidas pelo clube de origem. A mudança de equipe só poderá ser feita apenas uma vez na mesma temporada.

Regulamento financeiro

A CBF vem adotando, recentemente, novas regras referente às questões financeiras. Ficam sujeitos à punições clubes que estão em um período igual ou superior a 30 dias com o pagamento de remuneração aos atletas. Caso haja um clube devedor, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) dá um prazo de 15 dias para que a agremiação cumpra suas pendências. A punição será feita de maneira cumulativa em todas as partidas da competição em que o clube ficar na situação de inadimplência. Se a competição tiver terminado, serão descontados três pontos dentre os já conquistados durante o certame.

Legalidades

Outras questões relativas às legalidades do futebol são decididas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), órgão autônomo custeado pela CBF. A entidade julga questões disciplinares e possíveis infrações cometidas pelos clubes. Um bom exemplo sobre o que o Superior Tribunal pode julgar foi o lance que aconteceu no clássico entre Corinthians e Palmeiras (dia 22/02/17), confira aqui!

Regulamento Brasileirão 2017 Série B

regras brasileirão 2017 serie b

O sistema de disputa da Série B é a mesma da primeira divisão, com 20 times disputando 38 rodadas, em duelos de ida e volta. O campeão será aquele que conseguir o maior número de pontos.

De acordo com as regras do Brasileirão 2017 Série B, também distribuida vagas para a primeira divisão do ano seguinte. Os quatro melhores colocados sobem para a Série A, enquanto os quatro últimos descem para a Série C.

Regras sobre inscrições e transferência de atletas são as mesmas da Série A. Os clubes obedecem ao prazo final de contratações, cuja data ainda será divulgada pela Confederação Brasileira de Futebol.

Confira abaixo um vídeo que mostra as novas regras do futebol:

Confira aqui a Tabela do Brasileirão!

publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *